Imagem capa - A escolha das Daminhas e Pajens por MARCOS MOLLIK FOTOGRAFIAS

A escolha das Daminhas e Pajens




O assunto de hoje é lindo demais: daminhas e pajens! Eles dão um ar encantador aos casamentos e são responsáveis por acompanhar a noiva e levar as alianças até o altar. 

O cortejo é um dos momentos mais engraçadinhos da cerimônia de casamento e costuma arrancar suspiros e boas risadas dos convidados. Mas assim como todos os assuntos referente ao casamento a escolha das daminhas e pajens merece alguns cuidados! 

O post de hoje vai dar algumas dicas aos noivos e também ajudará nas eventuais dúvidas que surgem para o casal durante esse processo.


Quantidade de crianças:


A quantidade de daminhas e pajens pode variar bastante, mas o ideal é que seja no mínimo 1 e no máximo 8 crianças, preferencialmente até 04 casaizinhos.


O casal de daminha e pajen não é regra, se a família for pequena e houver apenas crianças do mesmo sexo não há problema nenhum. Junta-se as crianças e realiza-se o cortejo da mesma forma. Se forem duas meninas elas levarão apenas  buquês ou cestinhas com flores, as alianças já ficarão no bolso direito do paletó do noivo. E se forem apenas meninos, um levará as alianças na almofadinha e o outro apenas acompanhará ou poderá segurar um cravo na mão.


Quando houver mais de um casal de crianças o ideal é agrupá-los conforme a altura e deixar os  menores na frente, assim o visual ficará mais harmônico. O primeiro casal será formado pelo pajem que levará as alianças e pela daminha que irá segurar um buquê, o restante das crianças acompanharão esse casal até o altar.


Idade:


Recomenda-se que a idade do pajem e das daminhas seja na média de 05 até 12 anos. Criança muito novinha costuma chorar e ficar assustada com facilidade, se isso acontecer ela provavelmente irá travar e não vai mais querer entrar na igreja.


Trajes:



O estilo dos trajes das crianças varia muito de acordo com a cerimônia,  a formalidade do casamento e o horário. 

Os trajes mais usuais são as daminhas de vestidos em tons pastéis com algum detalhe do visual da noiva como por exemplo um enfeite de cabelo ou uma faixa na cintura colorida conforme as nuances do vestido ou do sapato da noiva. 

Todas as daminhas devem vestir o mesmo modelo de vestido, variando apenas o tamanho. Já os pajens costumam vestir o clássico terninho preto ou de cor escura, camisa branca e sapatos.



Cortejo:


Na cerimônia religiosa existem três possibilidades para o ritual das daminhas e pajens. A primeira entra o cortejo de daminhas e pajens ao som da música escolhida pela noiva, seguem em direção ao altar e somente após a chegada das crianças é que a noiva entrará na igreja acompanhada do seu pai. A segunda opção o cortejo entra na igreja alguns passos a frente da noiva e seu pai. E finalmente a terceira opção é fazer a entrada do pajem e da daminha no momento da bênção das alianças.


O pajem é quem carrega as alianças, ao chegar no altar o menino  deve entregá-las ao noivo. Já a daminha acompanha o pajem carregando um pequeno buquê ou uma cesta de flores ou pétalas.


Ensaio:


Na questão do ensaio o ideal é que o cerimonial faça uns 45 minutos antes de começar o casamento. Ele deve orientar e treinar as crianças sobre o que fazer, os pais podem estar presentes no ensaio e auxiliar o cerimonial nas explicações.


Já vi bastante cerimonial usar a estratégia de posicionar a mãe ou o pai das crianças na frente do altar, em um campo de visão facilitado, assim as crianças avistam os pais e seguem mais seguros em direção a eles.


Gostaram das dicas?


Escolham com carinho estes pequenos que vão fazer toda a diferença neste grande dia, e conte comigo para registrar este dia incrível!


Abraços,

Marcos e Brenna Mollik.